Licença ambiental da ponte entre Santos e Guarujá sairá em 8 meses, diz Doria

Licença ambiental da ponte entre Santos e Guarujá sairá em 8 meses, diz Doria

Publicado em

Construção tem custo estimado de R$ 2,9 bilhões. Objetivo é facilitar a integração entre as cidades de Santos e Guarujá.


O governador João Doria (PSDB) garantiu que o licenciamento ambiental para a construção da ponte entre Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo, será aprovado em um prazo de oito meses. A obra é esperada pela população há 92 anos. O anúncio foi feito durante o evento Porto & Mar - Seminário A Tribuna para o Desenvolvimento do Porto de Santos, promovido pelo Grupo Tribuna e que acontece até essa terça-feira (25)
Além de Doria, a abertura do evento contou com a participação do secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários substituto, Fábio Lavor, prefeitos, deputados e autoridades locais. O diretor-presidente da TV Tribuna, Roberto Clemente Santini, abriu o evento e citou justamente a importância da construção da ponte ligando Santos a Guarujá.
"Sr. Governador, as cidades e o Porto têm que crescer juntos. Nesse contexto acreditamos que é fundamental a construção de uma ligação seca, entre as margens direita e esquerda do Porto, beneficiando diretamente o porto, a população e as cidades, assim como o fluxo de caminhões, veículos de passeio e o turismo", falou o diretor-presidente da TV Tribuna.
Em seu discurso, João Doria falou que é favor da privatização do Porto de Santos, que hoje é de responsabilidade do Governo Federal. "Para ser um porto de primeiro mundo, ele precisa ser privatizado. Privatizado com aqueles que podem pagar por isso, podem investir para o aprimoramento e podem fazer uma gestão de primeiro mundo, aumentando a capacidade do porto, melhorando o seu calado e oferecendo condições e facilidades competitivas para a exportação brasileira".

Durante entrevista coletiva, Doria deu explicações sobre a ponte entre Santos e Guarujá. A estrutura será erguida pela Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). A empresa desenvolve o projeto e a obra em troca da extensão do contrato para exploração do SAI. No momento, a construção da ponte está em análise na Artesp e aguarda licença ambiental. Segundo o governador, a ponte sairá do papel.
"Já temos uma investidora. A própria concessionária da rodovia dos Imigrantes já aceitou fazer o investimento para a implantação desta ponte. Sem dinheiro público, com investimento privado, fazendo disso uma obra de primeiro mundo, de forma mais eficiente e mais rápida. E nós garantiremos a aprovação ambiental no prazo de oito meses", falou Doria.
Em visita ao Grupo Tribuna, o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, já havia afirmado que os trabalhos deverão durar 36 meses, contados do início da obra. A construção tem custo estimado de R$ 2,9 bilhões.

Projeto da ponte
 
Segundo a Ecovias, o projeto é composto por uma ponte e trechos com elevados em viadutos que somam 7,5 quilômetros. A estrutura conecta a Via Anchieta, no km 64, à Rodovia Cônego Domênico Rangoni, no km 250, viabilizando, inclusive, um segundo acesso à avenida portuária, conforme premissas requeridas pela Codesp.

O objetivo é facilitar a integração entre as cidades de Santos e Guarujá, proporcionar fácil e rápida movimentação logística do Porto e ser uma opção de mobilidade urbana, somada ao sistema de balsas.
Ainda de acordo com a concessionária, a interligação entre margens reduz o percurso de 45 km para menos de 10 km, tornando a travessia do canal mais rápida, além de melhorar a operação de tráfego de navios devido menor frequência das balsas, aumentar a capacidade de circulação de bens e pessoas entre as cidades da Baixada Santista, ampliar a oferta de empregos diretos e indiretos, atender às demandas locais de circulação de veículos e cargas e, consequentemente, contribui para a melhoria na qualidade de vida da população da região.

FONTE: G1Santos - Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna Jornal

Santos Cidade 17/07/2019 às 04h20 Economia

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!