Festival em Santos terá degustação de 10 marcas de cafés especiais

Festival em Santos terá degustação de 10 marcas de cafés especiais

Publicado em

Público poderá degustar bebidas gratuitamente


Vai ter café de tudo que é jeito: preparado na cafeteira italiana, na prensa francesa, passado no coador, coado individualmente e direto na xícara, e até pelo método coreano. O Festival Santos Café, que começa nesta sexta (5), além da programação cultural e de entretenimento, reunirá nada menos que 10 marcas de cafés especiais das principais regiões produtoras, em blends com o melhor em termos de sabor e qualidade.

De sábado (6) até o dia 9, no Espaço Arcos do Valongo (R. Comendador Neto, 3, Centro Histórico), das 11h às 17h, o público poderá saborear gratuitamente a bebida, inclusive em sua forma gelada. Paralelamente à degustação, que tem a curadoria da Revista Espresso, o público conhecerá  diferentes acessórios e até linhas super premium.

RETRATOS E MÚSICA
 
O público também poderá ter, como lembrança do festival, um retrato que utiliza café como tinta, trabalho do artista pástico Kléber Nunes. A produção é gratuita, mediante senha, no limite de 25 por dia. Ainda no Arcos do Valongo, haverá programação musical sempre às 12h, 14h e 16h.

No sábado, o palco recebe o grupo Garagem Erudita (rock instrumental, Tite Franco e Banda (pop rock), e o Balé da Cidade, apresentando Malandragem, espetáculo que une o estilo clássico com o samba, ao som de canções de grandes nomes como Noel Rosa e Adoniram Barbosa. No dia 7, o público será embalado pelos ritmos da Banda Trilogia (MPB, pop rock e pop), seguindo-se da Escola Livre de Dança e da escola de samba União Imperial.

Já no dia seguinte (8), a tarde fica por conta da Banda Querô, Quarteto de Cordas e Roda de Samba do Ouro Verde. E, no último dia do Festival Santos Café, o público contará com o violão de Iury Cardoso, Roda de Samba do Tchu, tchu, tchu e o grupo De Choro & Blues.

CAFÉS ESPECIAIS

Uma edição especial assinada pelo maestro João Carlos Martins é o diferencial da Bravo Café, que oferecerá para degustação, no Festival Santos Café, produto com grãos produzidos por pequenos e médios produtores nas regiões da Alta Mogiana e Sul de Minas. Há 20 anos no mercado, a marca apresentará a linha de cafés na french press, cafeteira italiana, no coador de aço inoxidável pour over e novas embalagens.

Com grãos 100% arábica produzidos com biotecnologia em Machado (MG), na Fazenda Santa Monica, o café gourmet que há 34 anos leva essa marca oferecerá a bebida filtrada, na Hario V60, na prensa francesa e o drip coffe, coado individualmente e direto na xícara. O produto é disponibilizado em embalagens com válvulas desgaseificadoras que preservam as propriedades do café fresco por mais tempo.

Para o festival, o e-commerce Café Store, há nove anos no mercado, apresentará diversos métodos de preparo, acessórios e cafés especiais para que uma experiência completa na hora de preparar o grão. A Da Hora Bike, empresa com quatro anos de existência e que fica na Universidade Católica de Santos, mostrará todo o processo de produção – da muda de café até a xícara -, além do cold brew, café gelado da marca, e iced latte, iced vanilla, avelã, espresso tônica e doces feitos com o produto.

O Grupo Utam, com matriz em Ribeirão Preto e 50 anos de mercado,  servirá cápsulas monodoses Utam Uno, café Utam Speciale para máquina Bunn e a nova linha super premium Café Fazenda Santa Alcina. Já a Orfeu Cafés Especiais, marca lançada em 2005, possui cinco fazendas próprias, responsáveis por todo o processo – do plantio à embalagem. Para o festival, a marca servirá café torrado e moído, cápsulas e o drip coffee. A Swiss Coffee, de São Paulo, com nove anos de experiência, oferecerá a marca D’Sa Café, servido no espresso e coado.

Torrefação mais antiga de Santos, com 107 anos, o Rei do Café apresentará ao público cafés tradicional, gourmet e Bourbon amarelo, que poderão ser degustados na Hario V60, clever, aeropress, december (método coreano), cápsulas, espresso e filtrado – o grão será torrado em um torrador elétrico, que não produz fumaça, no próprio Arcos do Valongo. 

Também de Santos, a Revo Coffee, que funciona em uma garagem, é a primeira cafeteria de cafés especiais na Cidade. Ela torra o próprio café e comprará nove lotes diferentes para que o público possa degustar na aeropress e no coador. Outra representante local é a Tia Ada, que, com apenas dois anos de existência, já conta com certificação de cafés especiais e oferecerá grãos do Sul de Minas Especial e Superior, além do Mogiana Especial, a serem saboreados no filtrado, coador de pano e na Pressca.

FONTE Prefeitura Municipal De Santos Foto: Raimundo Rosa

Santos Cidade 22/09/2019 às 21h09 Cidade

Veja Também

Comentários

Adicionar Comentário
sentiment_dissatisfied

Opsss... Ainda Não Temos Comentários Para Exibir!

Deixe Seu Comentário

Faça Sua Avaliação!